Paragominas ganha junho “verde”

Até o final do mês, alunos das instituições de ensino público e privado vão aprender um pouco mais sobre o meio ambiente e os avanços conquistados pelo município nesta área. Isto porque a Prefeitura, por meio da Secretaria do Verde e Meio Ambiente vai promover palestras com temáticas diversas para alunos da educação infantil ao ensino superior, alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 5 de junho.

Segundo Jaqueline Peçanha, Secretária de Meio Ambiente de Paragominas, o objetivo de promover essas rodadas de conversa com alunos é compartilhar os resultados conquistados dentro do município. "Além de falar sobre conscientização ambiental para as escolas municipais, estamos mostrando aos jovens as grandes oportunidades que o mercado de trabalho oferece, principalmente nas profissões de Técnico em Meio Ambiente e Técnico em Informática, Engenharia Florestal, Ambiental, Agronomia, Direito, etc.. uma vez que a cidade se torna atrativa do ponto de vista ambiental, atraindo novos investidores que necessitam dos serviços desses profissionais para o desempenho de suas atividades."

A consciência ambiental vai além do “papel de bala” que se deixa de jogar no chão. Para a aluna do curso de técnico em meio ambiente, do Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), Ludmila do Nascimento, Paragominas evoluiu e é exemplo para outros municípios paraenses. “Ter consciência ambiental é consumir menos descartáveis, dar a destinação correta do lixo doméstico, é ajudar a manter a porta de casa limpa, plantar sua própria árvore, cuidar de seu quintal.” afirma Ludmila.

A Diretora da Escola Maria da Silva Nunes, Vânia Nunes, conta que a escola promove um projeto muito bacana de arborização do seu entorno. “Aqui onde é a Escola funcionava um serraria. Pra gente é emblemático arborizar a Escola e seu entorno. É nosso papel como cidadão cuidar do meio ambiente.”

Patrick Santos de Sousa é aluno do 8º ano da Escola Maria da Silva Nunes e ele acredita que é preciso plantar mais árvores na cidade. “Cada indivíduo precisa cuidar da cidade, nem que seja plantando uma árvore, cuidando do seu lixo.”

A programação segue até o final do mês nas instituições de ensino.