Como lacrar na Língua Portuguesa?

Você aí que vai começar a ler essa matéria, pedimos que mandem likes no final, ok? Tá, mas qual o assunto mesmo? Ah! É o Dia da Língua Portuguesa! Caraca, você deve estar pensando: e tem um dia pra isso? Tem!


O Dia da Língua Portuguesa foi instituído no dia 10 de junho para homenagear o Luiz Vaz de Camões, um dos maiores poetas portugueses da história. E o que o Brasil tem a ver com isso? Tudo! O Brasil e mais sete países tem a língua portuguesa como idioma oficial, e a ONU acha que mais de 235 milhões de pessoas falem português em todo o mundo.


A Língua Portuguesa não é só uma disciplina do currículo escolar e que para muitos, representa bomba na prova ou no final do ano. Não só falamos o português, como inventamos novas palavras todos os dias, novos significados e nos divertimos com isso. Então, por que não aprender a curtir essa língua?


Para o professor de Língua Portuguesa, Claudei Madalena, da Escola Municipal Anésia da Costa Chaves, é um desafio fazer os alunos gostarem da disciplina. Ele aposta no incentivo à leitura para o sucesso da aprendizagem em Língua Portuguesa. “A leitura é de estrema relevância para o contexto da língua, isso porque é através dela que podemos ampliar o vocabulário, ampliar os conhecimentos da própria escrita e a da nossa oralidade.”


Claudei defende que o ideal é escrever e ler desde o início da vida escolar. “O domínio da escrita é processual, devendo ser apresentada desde o início da formação de nossas crianças, com um trabalho bastante consistente e coeso, pois só assim poderemos chegar ao nível tão esperado ao final dos ensinos fundamental e médio, formando leitores fluentes, escritores fluentes, ou seja, pessoas proficientes na sua fala, na leitura e na escrita.”


Aí você se pergunta: a leitura vai me fazer aprender mais sobre a Língua Portuguesa? Claro! A Auriely de Lima, de 13 anos, é super fã de vampiros. Adora ler sobre esse universo vampiresco e leu vários títulos com esta linha, como “Adotado por um vampiro”, “Vampira”, “A Nova Vampira” e por aí vai. É como entrar num mundo de fantasias, viver aquela “realidade”, descobrir novas palavras, novas construções semânticas, e até novos sentimentos! A leitura é um universo tão vasto, que a própria Auriely diz não saber por que gosta tanto de ler e mais ainda, sobre “vampiros”.


A Maria Taís, que tem 15 anos, diz que a leitura ajuda a entender sentimentos e a aproxima de pessoas. Diferente da Auriely, ela gosta de dramas e romances da literatura estrangeira. Recentemente leu “A Culpa é das Estrelas” e agora está lendo “A Cabana”. Ela, que quer ser advogada, sabe que precisa ler e gostar muito, para ser uma boa profissional.


Conhecer a língua portuguesa é tão importante, que até na hora da “paquera” ela conta. Sabe aquele crush* lindo e maravilhoso, que quando passa causa suspiro? Agora imagine a cena, vocês de papo no whatsapp, e ele solta essa: “E aí gata, mim dá uma chance? Agente vamos no cinema e pode rolá um beijinho!” . Ah! Fala sério! O encanto acaba ali mesmo e é block na certa, não é?


Pra não passar vergonha e nem dar uma de mané, o melhor mesmo é prestar atenção na aula, dar uma volta na biblioteca da sua escola e estabelecer um romance super correspondido pela nossa língua portuguesa.

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/vhosts/paragominas.pa.gov.br/httpdocs/noticia.php on line 142